Iluminação residencial

Iluminação residencial, poucas pessoas sabem sabe usar a iluminação como um elemento decorativo de forma efetiva. Dar amplitude aos espaços, destacar detalhes e proporcionar segurança.

Iluminação planejada

Para iluminar um ambiente, o primeiro passo é fazer uma análise de sua função, estilo, atividades que serão realizadas, objetos a serem destacados e clima desejado. Depois é preciso decidir o tipo de iluminação e, finalmente, escolher as lâmpadas e luminárias corretas.

Iluminação geral

define o espaço e torna-o visualmente confortável. Quando é direcionada ilumina melhor os planos de trabalho (mesas, bancadas e balcões), tornando o uso da luz mais eficiente e mais econômica.

Iluminação indireta

A utilização de colunas, abajures ou arandelas proporciona conforto visual na medida em que clareia paredes e teto. Iluminação de destaque: leva luz extra focalizada para objetos ou superfícies selecionados como quadros, estantes etc.

Iluminação de tarefas

como o próprio nome diz, é usada em áreas onde se realiza algum tipo de trabalho (ler, escrever, cozinhar, lavar, jogar etc). Mas a colocação da luminária requer alguns cuidados para que não produza sombras e nem atrapalhe a atividade. Para ler e escrever, por exemplo, utiliza-se, em geral, luz bem difusa e abundante, vinda por cima dos ombros ou pela lateral.

Atenção

Cuidado para não confundir luz fria e luz quente, que são chamadas assim por causa da aparência de cor da fonte de luz, que pode ser mais branca azulada ou amarelada, respectivamente, e não pela temperatura térmica.

Uma boa dica para economizar em até 75% o consumo de energia, é substituir as lâmpadas incandescentes por fluorescentes eletrônicas, que possuem versões de luz amarelada idêntica as incandescentes leitosas, mais indicadas para salas e quartos, e versões de luz mais branca, ideais para cozinhas e áreas de serviço.

Como iluminar

No quarto, por exemplo, é bom evitar luminárias que deixem as lâmpadas aparentes, já que estas podem incomodar alguém que esteja deitado.

projeto-interiores-arquitetura-1024x682

Na sala de jantar, convém a colocação de uma luminária pendente no centro da mesa, destacando qualquer elemento que esteja sobre a mesa. A luz geral pode ser controlada por dimmers (moduladores de intensidades), de acordo com a ocasião, todavia somente em lâmpadas incandescentes.

No banheiro, cuidado com a iluminação do espelho: a luz deve ser de cor quente e envolver todo o ambiente para iluminar o rosto igualmente e não produzir sombras, sendo aplicada nas laterais do espelho e não no topo como é comum se encontrar.

Cozinha e áreas de serviço necessitam de iluminação mais uniforme, em geral luz fria, de forma que não haja sombras nos locais onde se realizam as atividades. As fluorescentes cumprem bem o papel neste ambiente, inclusive pelo fato do uso mais prolongado.

Cozinha

Em escritórios com computador – assim como em salas de TV, é importante não permitir que focos de luz causem interferência na tela. Por isso, o mais indicado é que a luminária esteja atrás ou ao lado do aparelho, ou no fundo do ambiente em posição oposta a tela.

 

E por fim muita atenção para não instalar luminárias que podem causar ofuscamento nas pessoas.

Fonte: www.mercolux.com.br

10 aparelhos que tornam a casa inteligente

Nest Foto: Divulgação

Nest Learning Thermostat

Criada por um dos principais designers do iPod e comprada por US$ 3,2 bilhões pela Google, a Nest é a queridinha da casa inteligente. Seu termostato autoprogramável conquistou os consumidores pelo design e pela eficiência. Custa cerca de US$ 250.

Nest Cam Foto: Divulgação

Nest Cam

A câmera de segurança da Nest permite monitoramento remoto em HD pelo celular e emite alertas sempre que algo acontece. Sai por cerca de US$ 200

Edyn Foto: Divulgação

Edyn

Movido à energia solar, este sensor de jardim monitora as condições de luminosidade, umidade, temperatura e qualidade do solo e envia alertas para o smartphone por meio da rede Wi-Fi. Custa aproximadamente US$ 100.

August Smart Locker Foto: DivulgaçãoAugust Smart Locker

Esta fechadura digital elimina a necessidade de chaves, fecha a porta sozinha mesmo que você esqueça e permite autorizar a entrada de terceiros de forma remota. Custa a partir de US$ 210.

Amazon Echo Foto: DivulgaçãoAmazon Echo

O alto-falante bluetooth da Amazon funciona como uma assistente pessoal que toca música, lê notícias, responde a perguntas diretas e se relaciona com outros aparelhos conectados da casa. Custa US$ 180.

Nubryte Foto: Divulgação

NuBryte

O painel NuBryte é uma solução de inteligência doméstica que torna “smart” algumas funções já existentes na casa, como a iluminação, e também atua como uma câmera de segurança do ambiente. Sai por US$ 200.

Philips Hue Foto: DivulgaçãoPhillips Hue

Por meio de um controle remoto Wi-Fi, o sistema permite customizar uma rede de até 50 lâmpadas LED. É possível alterar as cores e a intensidade das luzes e mesmo adaptá-las ao seu estado de espírito. Custa a partir de US$ 80.

Roomba 980 Foto: DivulgaçãoRoomba 980

Com direito a uma figuração na celebrada série “Breaking Bad”, a Roomba é a melhor amiga de quem tem preguiça de varrer. Ela custa caro – este modelo custa quase US$ 900 – mas limpa a casa sozinha mesmo quando você está fora.

Sleep Number C2 Bed Foto: DivulgaçãoSleep Number C2 Bed

Esta “cama do futuro” oferece firmeza ajustável do colchão e monitora todos os detalhes do seu sono, da respiração aos padrões de movimento. A partir desses dados, recomenda hábitos para melhorar a noite do usuário.

WallyHome Foto: DivulgaçãoWallyHome

Este aparelho monitora a umidade do ambiente e alerta para vazamentos e formação de mofo, além de também ficar de olho na temperatura. Custa US$ 300.

O que é Automação Residencial

 

automac%cc%a7a%cc%83o-residencial

Automação residencial é o uso da tecnologia para facilitar e tornar automáticas algumas tarefas habituais que em uma casa convencional ficaria a cargo de seus moradores.

Com sensores de presença, temporizadores ou até um simples toque em um botão do keypad ou do controle remoto é possível acionar cenas ou tarefas pré-programadas, trazendo maior praticidade, segurança, economia e conforto para o morador.

A automação permite controlar a residência remotamente, poupar tempo com tarefas repetitivas, economizar energia, dinheiro e aumentar o conforto.

Tecnologia

A automação em edifícios e empresas é bastante comum já algum tempo, é possível notar os sistemas existentes nestes ambientes, como o sistema de detectar e combater incêndios, as centrais de alarmes, as câmeras de segurança, as portas giratórias, os sensores de presença, entre outros.

O fator interessante é que estes sistemas estão migrando também para as residências, dando origem assim, aos termos Automação Residencial, Casa Automática, Domótica, Residência Inteligente e assim por diante.

Segurança de Redes

A segurança se torna algo tão mais observado quando se trata de uso pessoal ou domiciliar, por conseguinte, algumas ferramentas devem ser adotadas com o objetivo de proporcionar a garantia desejável,para tanto se faz necessário a utilização de procedimentos que abonem o grau de segurança satisfatório, alguns princípios básicos que uma rede deve seguir para garanti-la são:

Autenticidade:

Baseia-se no controle de legitimidade ou autenticidade com a assimilação adequada dos usuários ou equipamentos pertencentes a rede, garantindo que o usuário seja verdadeiramente quem deveria ser, podendo ser implementado através de certificados ou assinaturas digitais ou simplesmente, utilização de senhas de acesso.

Confidencialidade:

Este aspecto segue a idéia de confiança, onde somente o remetente e o destinatário pretendido devem poder entender o conteúdo da mensagem transmitida.

Integridade:

O fato de existir a autenticidade na rede não é sinal obrigatoriamente garantia de que as informações trocadas são integras, não assegurando que as mesmas foram acidentalmente ou propositalmente modificadas no momento da transmissão. Para que esta integridade tenha um nível de confiança desejado se faz necessário o uso de criptografia.

 

Fonte:www.automatichouse.com.br